29 outubro 2009

Vem cá: quanto aniversários essas empresas de eletrodomésticos fazem por ano?!  É um tal de saldão de aniversário....promoção comemorativa....queima de estoque em homenagem à não.sei.quantos.anos....tudo bem se isso não acontecesse a cada....er...digamos...sei lá....3 meses...! Eu sei que nossa memória é curta, mas assim também já é demais!


Mas sim...deixa eu contar....lá vou eu..e minhas histórias (eu aidna preferia quando existis história e estória...mas, enfim...) .... com a preguiça que é peculair à vésperas de feriado..comecei a me arrumar pra ir à faculdade...não sei porque cargas d'água, mas hoje tudo conspirou a favor de que eu chegasse cedo..quer dizer, na hora da aula...que começa 13:30...mas o pessoal, incluindo aí a minha pessoa, vai chegando entre 13:45 e 14:00....até o buzu resolveu cooperar: chegou britanicamente às 12:25...

Já dentro do veículo, tive que driblar os estudantes from hell que atravancavam o caminho...neste momento noto que postar-se frente à pessoa que obstrui a passagem e sussurrar um "com licença" polido pode fazer sentido em qualquer lugar do mundo, mas nem sempre aqui...driblei um, dois, três....confesso que a última menina deu mais trablho. Tive que cutucá-la, incorporando a Bones e sua mais ingênua cara de pau...eu ficaria tentada a dizer que, com ar blasé, ela se moveu...mas ela não tinha envergadura para ser blasé...enfim....assim que consigo sentar e começo a ajeitar o mp3...o celular vibra...era uma mensagem avisando que não haveria aula naquele dia.


O que fazer? Blasfemar? Xingar a prof? Xingar a mim mesma e a imbecil idéia de ser pontual no dia errado? Não...eu sou phina, vcs sabem....desci no ponto seguinte e voltei pra casa...coloquei a roupitcha mais confortável que pude e me entupi de sorvete de milho verde. Obrigada Kibon por esta dádiva...rs.

Um comentário:

Josilene disse...

Sua sortuda!!! Se fosse eu só saberia que não teria aula depois de ter descido do ônibus na facul. Fato.

Mas sim... o pessoal não sabe mais o que é ter educação... é uma coisa de não sair da frente, de pisar em nossos pés, de andar com essas bolsas enooooooooormes batendo na gente... afff... ODEIO.