18 janeiro 2010

Estou de volta pro meu aconchego...


Olá pessoas,

Finalmente estou de volta com meu primeiro post de 2010! Aliás...desejo a todos um excelente ano novo..com as esperanças renovadas, saorte, saúde e muita paz.

Bem que eu gostaria de ter aparecido antes, mas os eletroeletrônicos resolveram fazer uma rebelião e se insurgiram contra mim! Acreditem...pois eu creio na intencionalidade desses aparelhinhos from hell...

Resultado disso: um computador quebrado....e um dvd que tb deu pau! 11 longos dias sem PC e uma abstinência do cacete...mas eu sou forte e soube lidar!

Nesse período algumas coisas interessantes aconteceram...mas deixa eu começar..do começo, né?

Já é mais do que sabido que sou fã do John Mayer....então..ele propôs passar uma semana sem mensagens de texto, nem via celular, nem e-mail, nem twitter; telefone só pra ligar...enfim, ele propôs que fizéssemos uma espécie de desintoxicação dessas redes sociais que, muitas vezes, substituem o contato mais próximo entre as pessoas. Quando li isso, até brinquei dizendo que bem que gostaria, mas achava impossível dada a minha isnerção no mundo da net...pois não é que Murphy estava de prontidão..ouviu..e me obrigou a dar um tempo nessas coisas?

Pelo menos em parte delas...porque as mensagens via celular continuaram...

Mas, como eu disse, coisas interessantes aconteceram...por exemplo, eu me dediquei a ler algumas coisas que vinha adiando...como o livro Crime e castigo cuja foto postei..tb li um livro sobre Investigação criminal que uma amiga me deu no niver, em setembro; apesar de amar este tema, sempre dizia não ter tempo e tal...li pequenos textos, vi TV, passeei...olhei o passar do dia da minha janela, enfim fiz várias coisas das quais acabava me privando por causa das novas tecnologias. Claro que não vou abandonar meu querido PC...é nele que trabalho, escrevo minhas idéias...guardo minhas fotos....converso com meus amigos queridos e me informo sobre o mundo....mas certamente foi bom lembrar que ter tempo ou não depende muito mais de nós do que do tempo em si! 

Nenhum comentário: