19 janeiro 2010

O que fazer depois da faculdade?!

Essa pergunta m assola desde o final do ano passado....na verdade, acho que quando o fim da faculdade se aproxima todo mundo se faz essa pergunta, mas é fato que afirmar a normalidade da preocupação não faz com que ela desapareça...a gente começa a pensar: e aí? vou fazer o que depois?

Eu bem que queria ser daquelas pessoas que desde cedo sabiam exatamante o que queriam fazer, seguiram um caminho sem titubear e pronto! Bem...eu quero acreditar que essas pessoas existem, né..pelo menos algumas relatam que foi assim...

Eu não...meu caminho nunca foi reto...sempre foi sinuoso, com atalhos, retornos, quebradas, idas e voltas...como é mesmo aquela frase..."escolhi o caminho menos trilhado... e isso fez toda a diferença"...pois então..essa sou eu...complicda e perfeitinha...a que só vive nos extremos...

No meu caso, essa é a segunda vez que encontro com essa pergunta...me sinto Alice perguntando ao Chapeleiro pra onde ir...

Claro que dessa vez a situação é mais confortável porque tenho um emprego estável...mas a angústia da dúvida permanece...

Acho interessante como algumas pessoas ainda acham estranho que eu faça uma segudna faculdade..elas normalmente perguntam se vuo abandonar minha profissão anterior, se desgostei dela etc...ora bolas, a pessoa tem que ser apenas um coisa?! Não pode querer aprender mais, conhecer mais, expandir seus horizontes?

Eu sou de Humanas, isso eu já entendi..rs...apesar de dizer que, se pudesse faria medicina...digo, se pudesse, porque meio que perdi o bonde, né, e a essa altura do campeonato não dá pra ficar sem trabalhar e encarar uma faculdade de no mínimo 6 anos sem trabalhar...no way...ok..entra pra lista da próxima encarnação...rs...Adoro minha primeira profissão...Psicologia...brinco dizendo que é "minha cachaça"...foi ela quem me deu tudo que tenho hoje...e que contribuiu, acredito eu, para caminhar em direção a ser uma pessoa melhor... (a farse pode soar piegas...mas é a verdade...rs)minha segunda profissão ainda é pouco reconhecida no mercado de trabalho brasileiro...Relações Públicas, que é da área de comunicação, talvez por isso eu me questione tanto...

Acho que a confusão na minha cabeça está tão grande que nem mesmo consigo traduzir isso direito em palavras...mas falar é bom..quem sabe assim eu vou em organizando melhor...O que eu sei mesmo é que escrever, ah, isso eu amo....e acho libertador! Quem dera poder ganhar a vida só escrevendo...

Até mais...vou ali ver Sherlock Holmes..torcendo pra que o Watson apareça mais que ele...!

Um comentário:

usagi disse...

Me sinto que nem voce....é realmente dificil transcrever como nos sentimos em frente essa situaçao .... Muitas vezes me pergunto porque eu fui escolher a faculdade que eu faço ...ou ate mesmo porque continuei e nao troquei para algo difirente.... Ja pensei em fazer outra faculdade tambem mas o caminho é tao sinuoso .... Como vc disse tambem me sinto que nem a Alice so que em frente ao gato mostrando dois caminhos diferentes para seguir ao mesmo tempo , nao sei se pego um ou o outro. Escrever de alguma forma parece nos libertar de alguns de nossos pensamentos e duvidas tornando- as mais claras e reais.