10 março 2010

Propagandas...

A publicidade é uma coisa que ao mesmo tempo que me encanta...me choca.. Além de criar em nossas pobres mentes ingênuas o desejo incontrolável de comprar coisas que não necessitamos (teoria epidérmica modo On.rs....)...eu gosto de imaginar o processo de construção das campanhas até chegar ao anúncio, seja impresso ou na TV.

Acaba de passar a propaganda da bermuda com 300 mil nomes do Dr. Rey. Desculpem, mas tem coisa mais fresca, desnecessária e patética do que aquela bermudinha?! É uma coisa tipo: se você não tem grana para pagar os tubos por uma cirurgia plástica com o mago da modelagem de celebridades (Dr. Rey e suas exóticas camisas na vibe neon)...você pode dar um jeitinho e, com o uso da bermuda shape não-sei-o-que ficar uma belezura!

Por favor, me digam que ninguém acredita nisso...

Logo em seguida, passou uma propaganda de uma empresa de ônibus...neste caso, não divulgava a empresa, claro, mas continha informações de segurança para os passageiros do transporte público em geral; um modo de mostrar preocupação com as pessoas.

A indicação era de que as pessoas deveriam esperar o ônibus no ponto, a  fim de não perdê-lo bem como para manter-se seguras.

Ha ha ha...faz-me rir! Bom mesmo seria se:

- eles não passassem direto, bem em frente a sua cara de pateta vendo o ônibus partir, quase em câmera lenta tamanha a sua indignação....

- também seria excelente se eles parecem NO ponto de ônibus e não muitoooooo antes ou muitooooo depois e vc, cheia de bagulhos nas mãos, em cima daquele salto maravilhosos, com seu vestidinho fluido...não tivesse que sair correndo, desesperada e sem nenhum sinal de dignidade para conseguir pegá-lo (pior é quando você corre e o motorista arrasta....nunca aconteceu comigo, mas já vi muitas vezes......a pessoa fica tão arrasada que dá vontade ir lá abraçar e dar um tapinha nas costas dizendo: liga não..o mundo é assim mesmo, cruel. Vai passar...)

- por fim, eu ficaria imensamente feliz se não precisasse comprometer minha integridade física (porque a essa altura a integridade moral já está dilacerada) correndo em meio aos carros para entrar no ônibus parado NO MEIO DA RUA!

Tô seriamente pensando em condensar essas mazelas sofridas pelos passageiros de ônibus e montar aqui um manual de sobrevivência....uma amiga que deu essa idéia....vou perguntar se ela ainda quer fazer isso...


Bye!

Nenhum comentário: