12 julho 2010

O que fazer depois da Copa?


Olá pessoas,

Ttoo mundo com a cabeça no lugar? Espero que sim!

É...a Copa acabou...que pena! 

Eu adoro esse clima de jogos internacionais...de grandes seleções...mesmo vendo pela TV, no conforto de meu lar (olha a pessoa querendo se consolar! 

Tudo mentira, queria mesmo era estar lá expondo minha figura na África do Sul, (gritando filma eu Galvão)!
Confesso: eu adoro a sensação de alegria e leveza que a Copa me traz. Sei lá, é como se fosse um Carnaval prolongado...onde vc se sente meio que de férias sem estar....e olha que eu tenho essa sensação vendo Copa em outros países...imagina quando for aqui!

Atenção, pessoas, eu disse ME traz...eu sei que tem gente que não tá nem aí, não acha graça, já perguntava no primeiro dia quando acabaria e tal. Mas eu não...eu, que amo futebol, já sinto uma certa tristeza antecipada pelos jogos que se vão.

 Mas é isso mesmo...em 2014 (nossa....quanto tempo!) tem mais....

Será que se eu começar a fazer curso de várias línguas, arranjo um trabalho na Copa?! rs. 

Ok..enquanto 2014 não vem...deixa só eu falar mais uma coisinha:

cara...a Fúria é campeã!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!




E que jogo foi aquele!

Eu fiquei até calma no primeiro tempo, porque, afinal, eu já sabia que a Espanha não faz gol no começo....rs....mas aí veio o segundo...e o tempo passando...e nada da bola entrar....Vicente Del Bosque ainda querendo testar nossos corações àquela altura do campeonato, tira Villa e põe Fernando Torres....ok..eu já via a cena dos pênaltis sem nosso talismã. 


O que eu não sabia é que o jogo seria longo..teria prorrogação....mas aquele não era o dia de Villa, Torres ou qualquer outro....era de Iniesta e meu querido Casillas (Ownnnnnnnnn e o que foi o beijo dele na namorada, em plena entrevista ao vivo?! Fofo!!!!!)!



Enfim, jogo mega tenso, mas que valeu pra ter um gruto mais profundo e alto na hora do gol. 

Parabéns, Fúria! Vocês fizeram por merecer!


-------------------------

mas, voltando ao mundo real...

Quando eu era jovem e ingênua...rs.....meu maior desejo era ser amada por todas as pessoas. 

Ok, era um delírio, mas, relevem, eu mencionei que era jovem e ingênua, né?

Na verdade, eu, massacrada pelo american way of life tão disseminado, e modo nada sutil naqueles filminhos de sessão da tarde, queria ser popular, embora nem soubesse direito o que significava mesmo isso. 

Ser a cdf, meio séria, responsável, não me rendia popularidade. Muito pelo contrário. 

Muitas cabeçadas depois eu entendi que ser popular, como tudo na vida, tem seu preço. E não é pequeno. 

Ser popular, ser amada “por todos”, envolve quase sempre agir como todos esperam, ser simpática como todos esperam e dizer o que todos esperam. 

Decidi que não queria pagar este preço. 

Queria sorrir quando estivesse a fim, fazer apenas o que achasse correto e defender minha ideias. 

É, eu não sou popular. Mas sou eu mesma. Sempre. E isso, pra mim é muita coisa.

------------------

Enquanto escrevo o post, ouço no telejornal uma matéria sobre como ser feliz no local de trabalho. 

É piada, né? Deve ser. 

E as consultoras?! Nossa, fico passada com aquele blá blá blá de que se vc não está feliz no seu local de trabalho, deve procurar outro lugar. Será que estão falando mesmo do Brasil, minha gente?! Pq até parece que aqui a gente pode mesmo ficar escolhendo uma empresa que atenda às nossas expectativas e que nos acolha...

Mas sempre tem um comentário pior, né? Sempre. 

A consultora disse que as empresas se preocupam bastante com a felicidade dos funcionários. Que iscurso bonito. Até emocionei. 

Se preocupam cacete nenhum! O fato é que funcionários descontentes (demais) adoecem mais, faltam mais, sofrem mais acidentes e portanto, dão mais prejuízo. Pura e simplesmente. 

Ok, podem dizer que sou pessimista e trágica. Algumas vezes esses são sinônimos de realidade. 

No caso das organizações, quase sempre.


É isso..fico por aqui.....até mais! Bjo!

2 comentários:

Ruiva disse...

Mas não se preocupam mesmo!! As vezes ate acho que pra ser dono de empresa, gerente, chefe ou o raio que o parta que fica acima dos mortais raladores, tem que ser muito burro e muito casca grossa. Pq, te dizer, fico C.H.O.C.A.D.A. com as atrocidades que vejo por ae nas empresas. Eh de fazer chorar. Nem perco meu tempo vendo essas consultoras falando esse monte de abobrinha motivacional. Eu quero eh que elas se coloquem no lugar do subjugado, do trabalhador que eh envergonhado pelo chefe idiota e entao continuar pensando que eh soh mudar de ambiente... humpf. Bando de idiotas essas.

Josilene disse...

Que fotos lindas de MEUS amores!!! Sim, são campeões e merecem muuuuuuuuuuuito!

Aliás... Villa merecia ser o artilheiro isolado, né nao? maaaas.. n estou reclamando... Há razões para Iniesta ter aparecido mais naquela hora. rsrs

Parabéns, Fúria Roja! \o/

Obs: na relação de meus antepassados n tem nem cheiro espanhol, mas eu sou amante do belo futebol (FU-TE-BOL, ok? os meninos sao bonitos tb, mas eu to falando do futebol. rsrs).
--

"Se preocupam cacete nenhum!" - kkkkkkkkkkkkkkkkkkk q doce!! Adoro!

Bjos!