05 agosto 2011

Coisas que eu não entendo...

Olá pessoas!

Hoje vi na TV que amanhã haverá uma caminhada pela paz aqui em Salvador. A caminhada foi proposta por uma fisioterapeuta que testemunhou, da janela de sua casa, quando alvejaram o músico da banda Estakazero. Eu não entendo. Todo mundo vestindo branco e caminhando. Na minha cabeça não faz o menor sentido. Em que isso vai contribuir para a paz? Sério mesmo. Eu acho que não adianta vestir branco....colocar cruz no chão....dar as mãos...fazer cartaz, quando no dia a dia cometemos pequenos e invisíveis atos de violência. A paz é construída todo dia, o dia todo...em cada pequena ação....no olar, no gesto, na resposta que você dá, na informação oferecida ou negada, no pensar 10 vezes e se colocar no lugar do outro antes de julgar, no ver o macro que se esconde no micro.

Outra coisa que eu não entendo é o movimento de algumas igrejas evangélicas....mais especificamente o proselitismo. Em especial no fins de semana, vejo centenas de pessoas batendo nas portas desde bem cedo para ler passagens da Bíblia e propor a conversão. Pra mim é assim: cada um tem a religião que quiser ou mesmo que não tenha religião ou crença se não quiser. O que eu não gosto é que queiram me impor as coisas, ou me dar exemplos morais. Na minha cabeça Deus ficaria mais satisfeito se esse tempo gasto no proselitismo fosse usado em ações mais práticas do tipo: mutirão de reforma da creche tal...limpeza do abrigo tal...arrecadação de donativo pra instituição tal, sabe. É claro que eu respeito a religião enquanto forma de apoio e consolo, mas será que isso não poderia ser equilibrado com ações que ajudassem as pessoas também nas suas necessidades terrenas? Afinal, o amor ao próximo é isso, né?

Lembro de quando eu estava no colégio...era uma instituição de freiras....e numa das aulas de religião, na verdade numa prova, havia uma pergunta assim: no fim do mundo (ou juízo final, nem sei mais....) quem será salvo? E eu respondi: todos. Resposta errada. O correto seria: os cristãos. Aquilo foi tão chocante pra mim....porque se eu acreditava em Deus e no fato de que todos eram filhos dele.....todos deveriam ser salvos. Acho que foi daí que eu deixei de ter fé na religião....por ver que ela separa as pessoas......e minha fé ficou no essencial: em Deus.

Até mais!

Nenhum comentário: