08 agosto 2011

Como faz?!

Um dia sem nada pra fazer e tendo que aguardar por pouco mais de 1 h por um trabalho em equipe, a pessoa se dirige a um de seus lugares favoritos: uma biblioteca. Perscrutando livros que poderiam lhe interessar e lhe entreter, encontra um de nome sugestivo: História da leitura, de Alberto Manguel. Poucas linhas foram suficientes para lhe capturar, e o que era tempo livre virou atraso para o tal trabalho de equipe...rs.

Em meio a avalanche constante de coisas para ler, entre elas, material para monografia....o autor foi esquecido. Mentira. Foi colocado em hibernação, aguardando um próximo encontro, casual mas desejado.

A pessoa vai fazer um curso que nada tem a ver com Manguel. Na verdade essa ideia de que algumas coisas têm a ver e outras não.....é que não tem nada a ver. Tudo tem a ver com tudo. E foi assim que reencontrei, num lugar improvável, não só Manguel como também Alice no país das maravilhas. Sim, Manguel fala desse livro. Eu já disse que ele é perfeito? Pois é.

Daí a pessoa entende: ok, está apaixonada (oie.....literariamente falando...rs.) por Alberto Manguel, o escritor argentino perfo. Corre para o site e vê quantos livros maravilhosos ele tem. Quase todos estão em promoção. Os dedinhos coçam e já se encaminham pra acondicionar a pilha no carrinho (eu já disse que acho a coisa mais fofa por as compras on line no carrinho? Eu acho. É idiota, eu sei, mas acho)...quando a pessoa lembra que se prometeu que nada comprará até o final do ano. Se prometer é pior que prometer os outros. Saco. Vou anotar tudo e guardar a lista.

Até mais!

Nenhum comentário: