26 outubro 2011

Eu confesso...

graças a Deus que não assisti ao filme Diário de uma paixão no cinema. Nem imagino como eu sairia pelo shopping com a minha cara no estado em que ela ficou! Minha gente, vocês não têm ideia, eu chorei tanto, tanto, mas tanto....que achei que ia desidratar. Ainda hoje estou com os olhos inchados....tanto que minha mãe olhou e disse: o que foi isso?! rs.

Tudo bem que eu não sou o melhor dos parâmetros, afinal, choro em TODOS os filmes. Sim, isso mesmo, todos. Se tiver qualquer cena potencialmente emotiva...chorarei. Eu chorei em Gasparzinho...pra vocês terem uma ideia do meu modo manteiga derretida de ser...rs. Mas no caso desse filme, como diz a música: ali onde eu chorei, qualquer um chorava. 




Coisa mais linda. Sério....Diário de uma paixão é um dos filmes mais lindos que já vi e não faço ideia do porque de ter esperado 7 anos pra ver! Aliás, eu acho que sei. Todo mundo comentava que esse filme era lindo, que era super romântico e tal e eu fiquei com receio de ser aquela coisa água com açúcar enchedora de linguiça, afinal isso é o que não falta, né?

Mas vamos parar de rasgação de seda e falar do que eu gostei tanto. Prometo não incluir spoleirs...afinal, vai que alguém como eu, mesmo passados 7 anos, não viu, né? (*confesso que não gosto de fazer resenha de filmes porque o risco de contar tudo é enorme! Então vai ser só uma coisita, tá).

Bom, logo de cara o filme parece mais um clichezão. Garota rica vai passar as férias de verão numa cidadezinha e lá conhece um rapaz pobre que de encanta por ela. Ok, poderia ser mais uma entre um milhão de histórias se não fossem os detalhes.....a delicadeza com que esse encontro foi delineado. Ryan Gosling sempre foi simpático aos meus olhos, mas nada de extraordinário. Nesse filme ele usa muito bem algo fortíssima na sua pessoa: o olhar. Gente, cada vez que o Noah (amo esse nome...) olha pra Allie, fica claro o encantamento, o amor que só cresce. E o legal é que você vê paixão, desejo......mas vê amor. Companheirismo, amizade, lealdade.  

A Rachel McAdams também está ótima fazendo uma Allie cheia de vida, exuberante, feliz....você é levado a rir com as gargalhadas dela. Vibra com suas corridas na direção de Noah. 



Essa cena acima é linda. Achei quase tão emocionante, embora muito menos sensual, quanto a cena do tango em Perfume de Mulher. A música te faz arrepiar e pedir que a cena dure mais...e mais...e mais....

Se eu descrever a história, vou contar demais e esse é um filme que merece ser visto com todas as surpresas que ele proporciona. Você não deve se poupar da emoção....de verdade. Por isso vou por só mais algumas cenas maravilhosas, mas que são ínfimas diante das outras tantas que vão ficar de fora.

Incluo aqui a sequência belíssima da cena no lago.....muito anos depois de se conhecerem e se apaixonarem. (Uma pena não ter encontrado uma imagem com os cisnes....quem ver vai entender)


Que culmina nisso aqui:




Nesse momento eu estava em p-r-a-n-t-o-s! kkkkkkkkk Clichezãoooooooooo.....lago, lugar vazio, chuva torrencial.....mas foi perfeito! E Ryan, seu lindo......você tem A pegada...ah tem. Não foi à toa que depois do filme eles namoraram por 3 anos....uma pena que tenham terminado. Se bem que dizem que eles terminam e voltam, terminam e voltam.....ai ai....rs.




Casal mostrado frequentemente no filme. Ele lê para ela uma história pela qual ela se interessa muito e parece reconhecer...

É isso. Diário de uma paixão....se ainda não viu.....corre pra ver. Filme inesquecível. Uma grande história de amor, muito bem contada. Eu não li o livro do Nicholas Sparks, que deu origem ao filme, por isso não sei se ele é igual, melhor ou pior que o filme, mas morri de vontade de ler e já estou louca pra rever.


Nenhum comentário: