08 março 2013

Eu li: O Temor do Sábio


Gente, eu preciso me redimir com a editora parceira Arqueiro pois, não sei o que pode ter acontecido (possivelmente, empolgação demais!), mas acabei esquecendo de resenhar o livro O Temor do Sábio!

Vocês acreditam nisso?! Nem eu! Mas, só me dei conta disso quando fui pesquisar algo na minha resenha e ... opa, cadê minha resenha?


À primeira vista, O Temor do Sábio parece mais um tijolo do que um livro: ele é enorme! Tem mais de 900 páginas, e, confesso que demorei a pegá-lo, não porque achasse que seria ruim ou porque temesse o tamanho do livro, mas por medo de que não fosse tão bom quanto O nome do vento #myprecious.


Sinceramente, não sei dizer qual dos dois foi melhor. Acho que há uma pequena tendência para o primeiro por causa da novidade e imensa surpresa com a qualidade da escrita de Rothfuss, mas O Temor do Sábio é excelente também. 

*A quem eu quero enganar com esse elogio formal? A história de Kvothe é amor e eu acho que TODO MUNDO deveria ler.  ♥♥♥ #justsaying*

Acho que os ganchos, retomadas, viradas, surpresas, rasteiras que Kvothe (e nós, juntos com ele) vai levando pelo caminho deram muito gás à narrativa e suavizam, e muito, a quantidade enorme de páginas. Faço uma ressalva sobre a parte de Feluriana, único momento, juntando os dois livros, em que pensei em pular as páginas. Quando ela foi mencionada no livro 1, criei expectativa pela personagem e, consequentemente, pelo encontro, mas quando fui ver, achei chato, arrastado e repetitivo. O encontro entre Feluriana e Kvothe não funcionou pra mim, valendo apenas pelo presente que a criatura mágica deu a ele. Qual? Vão correndo ler!


Patrick Rothfuss criou uma trama de muitos detalhes, mas, longe de cansar isso só instiga a nossa curiosidade e, não é à toa, que pipocam várias teorias sobre o Chandriano, a origem de Kvothe, a personalidade de Dena (mais escorregadia que sabonete molhado) e por aí vai. 



Cada vez que leio uma resenha, milhares de dúvidas se formam em mim e mais vontade me dá de saber o que virá no livro 3. 

Resta saber: quando o autor nos revelará?


Pra você sentir o gostinho da narrativa desse autor, CLIQUE AQUI e leia um trecho de O Temor do Sábio.

Nenhum comentário: